EDITORIAL DA EDIÇÃO DE DEZEMBRO DE 2016 / JANEIRO DE 2017

          Terminou o período festivo, este ano brindado com dias soalheiros e convidativos. Não fora o arrefecimento noturno e julgaríamos, sem grande dificuldade, estar em março ou em abril. Tiveram assim os nossos alunos oportunidade para desfrutar de algum tempo de lazer ao ar livre. Esperamos que o tenham aproveitado.

            Façamos também o balanço do ano que terminou, sem esquecermos as atividades realizadas pelos nossos alunos no âmbito da época festiva. O tradicional presépio voltou a receber os que visitaram a escola sede, mais uma vez com as dimensões generosas a que já nos habituamos, recorrendo a materiais reciclados e utilizados com muita imaginação. Assim juntamos a celebração do espírito natalício à proteção da natureza e do ambiente, condição indispensável para a qualidade de vida de toda a comunidade e dos seres vivos com quem partilhamos este planeta. Outros presépios, de dimensões mais reduzidas mas de igual beleza e bom gosto, decoraram o átrio do edifício principal. Podemos conhecê-los através das fotografias que acompanham este editorial.

            Não há Natal sem festa e, por isso, no dia 16 de dezembro, em Góis, Álvares e Vila Nova do Ceira, cumpriu-se a tradição. Os nossos alunos prepararam, uma vez mais, apresentações variadas, desde a música e a dança ao teatro, passando ainda pelas atividades desportivas. A comunidade educativa mostrou grande adesão, tendo comparecido familiares dos nossos alunos em número assinalável. Uma experiência a continuar nos anos vindouros!

            A este propósito refira-se a importância da comemoração destas festividades para a construção de uma sociedade melhor e mais solidária. Numa época em que tudo se questiona e em que muitos questionam se a escola pública deve ou não assinalar festividades religiosas, deve recordar-se a importância da cultura e da tradição para o sentido de comunidade. Um povo é fruto da sua cultura, herdada e acrescentada por sucessivas gerações. De outra forma não é um povo, é apenas um conjunto de pessoas…

            Um excelente 2017 para todos!

            José Bento | professor coordenador do Clube de Jornalismo

1

2

3

Anúncios

Atividades Desenvolvidas na Componente de Apoio à Família (CAF) – Dia Nacional do Pijama -21-11-2016

Tendo por base a expressão “uma criança tem direito a crescer numa família”, as Assistentes Operacionais Ana Gomes e Rute Antão, desenvolveram uma atividade no âmbito do Dia Nacional do Pijama. Incentivaram os alunos a virem de pijama para a escola, ao que todos aderiram. Chamando assim a atenção para o problema das crianças desprivilegiadas e aumentar o número de famílias de acolhimento em Portugal.

Também foi dia de outra atividade, esta bem doce…

Anabela Vicente

Escola Básica de Alvares

img_3096  img_3097  img_3098  img_3106  img_3107

Hora do Conto: ‘Conta-me Histórias’ – Educação Pré-Escolar de Ponte do Sótão

Sessão da hora do conto “Conta-me Histórias” realizada no dia 22 de novembro 2016,  na Biblioteca Escolar, durante a qual os meninos e meninas dos grupos de Educação Pré-escolar de Góis e de Ponte do Sótão, tiveram oportunidade de ouvir a docente Graça Alves contar a história “Pequena demais?”… ouvir música… descobrir alguns dos animais que hibernam…  e  com a colaboração das docentes titulares de grupo Rosa Dinis e Florbela  Carvalho desenvolver uma atividade de expressão plástica.

Graça Alves

20161122_131951  20161122_132019  20161122_135913  20161122_140016  20161122_140033

Tolerância = compreensão + respeito

O Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família assinalou o Dia Internacional da Tolerância (16 de novembro) com a realização de uma sessão temática intitulada “Compreender e Respeitar” destinada a todos os alunos do pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico. As sessões decorreram com os diferentes grupos-turmas entre o dia 10 de novembro e o dia 2 de dezembro. Recorrendo à leitura de um livro e posterior reflexão conjunta com os alunos, a psicóloga escolar promoveu o diálogo sobre a importância dos valores de cidadania como a compreensão e o respeito no comportamento individual e na construção de uma sociedade assente na tolerância.

A psicóloga do Agrupamento de Escolas de Góis

Joana Simões

Góis celebrou o Dia da Floresta Autóctone

No âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone, o Município de Góis, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Góis – Projeto Eco-Escolas, Lousitânea e Associação Florestal de Góis, desenvolveu atividades orientadas para a plantação de espécies autóctones no concelho.

Durante a manhã do dia 23 de novembro, alunos da turma A do sétimo ano plantaram com entusiasmo vários medronheiros no Esporão, na presença da Senhora Presidente do Município de Góis e de outros técnicos. Na tarde do mesmo dia decorreu uma plantação de espécies autóctones (carvalhos, azevinhos e medronheiros) no recinto escolar e trabalhos de manutenção nas espécies já existentes, com a colaboração dos alunos e docentes do Agrupamento.

A Coordenadora do Projeto Eco-Escolas

Lúcia Cristina Pinto

1-7oa-esporao  2-esporao  3-esporao  5-esporao

4-esporao  foto-1-escola  foto-2-escola  foto-4-escola  foto-5-escola  foto-6-escola  foto-7-escola

Poemas

       AI QUEM ME DERA! …

   Ai, quem me dera …

Viajar até à LUA!

Ai, quem me dera …

Flutuar num foguetão                                                                  Ai, quem me dera!

Levar o meu cão pela mão                                                          Ver constelações

Pedir a Deus que me guarde                                                      Ai, quem me dera!

Nesta viagem de coração.                                                          Olhar ET em aviões

Guardar dentro de mim                                                               Ai, quem me dera!

um saco de paixão,

para quando o                                                                               Joana Fonseca – 5ºA

o chão da Lua pisar

sentir emoção!

Mª Rita Martins – 5ºA

 

Ai, quem me dera…                                                                       Conhecer um extraterrestre

Flutuar nela …                                                                                  Aprender a sua língua,

Ver planetas que nunca vi.                                                         Voltar à Terra e ensinar

Ai, quem me dera …                                                                       a sua maneira de falar

Estar na sua superfície                                                                 Ai, quem me dera…

Brincar com um bocado da Lua                                                Ser um cantor nato

Ai, quem me dera…                                                                       E usar aquele fato

                                                                                                              Tão brilhante e barato

Eva Marisa – 5ºA                                                                           da montra fina

                                                                                                              Ao virar da esquina

                                                                                                              Ai, quem me dera …

                                                                                                              Rafael Simões – 5ºA

 

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Ir para lá num foguetão                                                               Conseguir voar,

Na companhia de um cão                                                           até mais não parar.

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Ir numa viagem de avião                                                             Conseguir viajar,

Com muito amor no coração!                                                   E não mais voltar

                                                                                                              Ai, quem me dera …

Constança Seco – 5º B                                                 

                                                                                                              Jorge Ferreira – 5ºB

 

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Andar num foguetão                                                                    Ir ao fim do Mundo!

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Comer um  feijão                                                                            Trabalhar num café

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Falar bem chinês                                                                             ter muita, muita fé

Ai, quem me dera …                                                                       Ai, quem me dera …

Vir a ser japonês!                                                                           Ser voluntário

                                                                                                              E ajudar este Mundo

Francisco Loureiro – 5ºB                                                             EXTRAORDINÁRIO!!!

 

                                                                                                              Paulo Guerreiro – 5ºB

 

Ai, quem me dera …

Ser um dragão

Ai, quem me dera …

Ter um avião

E também um balão

Ai, quem me dera …

Ver um orangotango

A dançar o TANGO!

 

Sandro Duarte – 5ºB

ABC das Cores

Azul é o céu

Branco a cor das nuvens

Cinzentas em dias de tempestade

De dourado brilha o sol,

Encarnadas ficam as

Frutas

Gulosas e sumarentas

Hoje e amanhã

Irei comê-las.

Já o verde do

Kiwi, a cor

Laranja da laranja.

Me vão fazer viajar,

Nos sabores além mar.

O lilás e o

Prateado

Quando se juntam,

Radiam luz

Sem parar.

Todas as cores

Unidas,

Vamos incluir.

Web vou procurar,

Xadrez para jogar

Youtube vou aprender as

Zebras de todas as cores pintar.

 

Trabalho realizado pelos alunos do 6ºB

 

O ABC dos Animais

Amigos animais,

Brincalhões,

Carinhosos e

Divertidos!

Elefantes,

Focas e

Girafas

Há

Imensos!

Jaguares, jacarés,

Koalas,

Leopardos, leões,

Tartarugas e

Ursos!

Vamos todos ligar o

Wi-fi para visitar

Xangai e praticar

Yoga com os animais no

Zoológico!!!!

 

Trabalho realizado pelos alunos do 6ºA

 

Espírito Natalício

Quadras realizadas pelos alunos do 6ºA

 

Com o natal a chegar,

A casa vamos enfeitar,

O presépio vamos fazer,

E o peru vamos comer!

Francisca Garcia

 

Comer peru no Natal,

Uma bebida bestial,

Uma história contar,

Com o menino Jesus a encantar.

João Martins

 

O Natal esta a chegar.

A árvore vamos enfeitar,

E a casa preparar,

Para depois comemorar!

Lara Nunes

 

Com tudo aquilo no saco,

Vai descendo pela chaminé,

Escorregando por aquele buraco,

Deixando as prendas em cada pé!

Mariana Rosa

 

 

No Natal há árvores,

Em todas as casas!

Com luzes que iluminam os ares,

E no topo as Estrelas airosas.

Carlos Bandeira

O Natal brilhará,

Com muita alegria!

No Natal há amor,

As emoções estão em fervor!

Jéssica Rodrigues

 

Pela manhã há prendas

Debaixo do pinheiro.

O Pai Natal nos mima,

E cada presente é certeiro!

Tatiana Silva